Prática de Redação Oficial, Elaboração de Relatórios, Pareceres e Notas Técnicas

Sobre o Curso

Nos últimos 40 anos, a Administração Pública Brasileira passou por grandes transformações, sobretudo como parte do trânsito para a democracia. Desenvolveram-se novas práticas e expectativas de modernização, mas muitas de suas características tradicionais ainda não foram removidas. A modernização efetiva somente ocorrerá de forma significativa com mudanças na comunicação entre as instituições públicas entre si, entre as instituições públicas e privadas e entre o público e sua administração.

O documento é reflexo da Organização e, para que se torne fator de produtividade e excelência, é necessário adequá-lo a critérios específicos de estruturação. As Organizações evoluíram e, como consequência, mudou o perfil do profissional, de quem hoje se exige competência e aprimoramento constantes, a fim de que possa acompanhar as mudanças e se adaptar às inovações.

A excelência na comunicação escrita constitui um dos maiores desafios para o profissional que deseja obter sucesso no cenário de competitividade que hoje se apresenta. Está provado que, no processo de comunicação, não é suficiente apenas deter o conhecimento; mais que isso, é preciso dominar as técnicas de transmissão das informações.

 

A nota técnica, o relatório e o parecer são textos profissionais técnicos que requerem precisão e clareza, pois transmitem dados e informações que irão subsidiar importantes decisões ou irão responder aos questionamentos dos Órgãos de Controle. Portanto, é necessário redigi-los, de acordo com as qualidades fundamentais para esses documentos, evitando vícios de linguagem que podem comprometer as informações a serem apresentadas, a credibilidade do redator e, inclusive, a da instituição emissora.

 O curso é destinado a profissionais responsáveis pela elaboração de documentos técnicos, como notas técnicas, notas informativas, relatórios e pareceres. O curso pretende orientar mesmo os profissionais que já tenham escrito muitos documentos técnicos e queriam aprimorar a sua redação e adequar os aspectos técnicos aos padrões oficiais.

Conheça mais sobre o
Curso

OBJETIVO GERAL:

Atualizar os documentos de comunicação oficial (ofícios, memorandos, e-mails) e desenvolver técnicas que ajudem a produzir documentos técnicos (notas técnicas, notas informativas,relatórios, pareceres, despachos), aplicados ao contexto administrativo, de maneira clara, precisa, concisa.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

Ao final do treinamento o participante deverá ser capaz de: 

  • Elaborar relatórios e pareceres em conformidade com a norma culta, atendendo aos princípios de clareza, precisão e concisão.
  • Estimular a reflexão crítica sobre a realidade profissional;
  • Conscientizar o servidor para a importância dos documentos oficiais e dos documentos técnicos;
  • Fornecer ao treinando instrumentos que o auxiliem a redigir documentos oficiais, notas técnicas,notas informativas, relatórios, pareceres, despachos com maior segurança, clareza, objetividade e concisão;
  • Promover reflexão sobre as mudanças na cultura da Administração Pública com consequente mudanças nos documentos oficiais;
  • Sensibilizar o servidor para a importância do técnico na análise técnica apresentada aos gestores da instituição ou aos Órgãos de Controle;
  • Aprimorar os documentos técnicos com consequente aprimoramento na tomada de decisões que dependem de análises técnicas;
  • Despertar no treinando a consciência de que competência comunicativa é um processo constante de crescimento.

DIFERENCIAL NO CURSO:

No curso, serão realizadas atividades práticas, que deverão levar os participantes à reflexão crítica sobre a análise e elaboração de documentos técnicos.  Será realizada oficina, em que serão analisados documentos da própria instituição produzidos pelos participantes do curso. Nessa oportunidade, os treinandos poderão analisar pontos positivos e pontos de melhoria nos documentos elaborados.

PÚBLICO-ALVO:

Servidores envolvidos com a elaboração, revisão, edição de notas técnicas, relatórios e pareceres.

 

 

Confira a Programação

Sobre a MMP

Conheça os Instrutores

Suely Cobucci

Instrutora

Educadora Empresarial, consultora e palestrante em Recursos Humanos (RH), Diretora da Cobucci - Desenvolvimento Humano Ltda., Mestranda em Liderança pela Unisa – Universidade de Santo Amaro-SP, Mestre em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento pela FUNIBER - Fundação Iberoamericana Espanha/Brasil, Pós-graduada em Didática do Ensino Superior pela Universidade Católica de Brasília, Pós-graduada em Psicopedagogia pela UniCEUB, Especialista em Dinâmica de Grupo pela SOBRAP (Sociedade Brasileira de Psicoterapia e Psicodrama). Especialista em Jogos de Empresa, Formação em Life & Professional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching (2012)licenciada pelo Behavioral Coaching Institute e pelo International Coaching Council.

Consultora responsável pela atualização, ampliação e revisão da terceira edição do Manual de Redação da Presidência da República, em Acordo de Cooperação com a Casa Civil.

Consultora responsável pela elaboração do Manual de Redação e Estilo do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID.

Consultora responsável pela elaboração do Manual de Redação da Embrapa.

Graduada em Letras – Língua Portuguesa e Literaturas pela UniCEUB - Universidade do CEUB.

Professora aposentada da cadeira de Redação e Língua Portuguesa da Secretaria de Educação do Distrito Federal. É professora do Cespe – Centro de Seleção e Promoção de Eventos – na área de Redação Oficial dos cursos de formação para os recém-aprovados em concurso público.

Autora do livro: O Domínio da Redação Empresarial – Exigência de Qualidade nas Organizações (no prelo).

Desde 1994, dedica-se ao estudo de temas ligados à melhoria de performance, autoconhecimento, crescimento pessoal e profissional, tendo participado de inúmeros eventos presenciais e a distância, em Brasília e no Brasil.

Conteúdo Programático

1) Produção de Texto

  1. A comunicação e sua importância
  2. A Adequação da Linguagem ao Receptor
  3. O Uso da Linguagem Técnica
  4. Os Níveis de Linguagem
  5. Estilo e Linguagem do Moderno Texto Administrativo
  6. Semântica: utilização de palavras e expressões de forma adequada
  7. Qualidades essenciais do texto

                 - Clareza

                 - Relevância

                 - Convicção

                 - Precisão

                 - Coesão

                 - Coerência

                 - Objetividade

                 - Concisão

                 - Correção Gramatical

  1. Vícios de linguagem em documentos oficiais

                 - Ambiguidade

                 - Pleonasmo ou tautologia

                 - Cacofonia ou cacófato

                 - Estrangeirismo

                 - Jargão técnico fora de contexto

                 - Clichês

                 - Chavões

2) Documentos Oficiais

  1. Linguagem do Texto Oficial              
  2. Características do Texto Oficial
  3. Elementos Essenciais e Documentos

                 - Pronomes de Tratamento adequados

                 - Vocativos

                 - Endereçamentos

                 - Fechos de Correspondência

                 - Formatação e organização dos documentos oficiais

 Produção de Textos Administrativos com base no novo Manual de Redação Oficial da Presidência da República (2015)

                - Ofício

                - Memorando

                - Correio Eletrônico

                - Outros documentos utilizados pela instituição

 3) As Notas técnicas, as notas informativas, os relatórios,os pareceres e despachos no contexto organizacional

Os princípios da Administração Pública refletidos nos textos técnicos (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência)

Compromisso administrativo dos servidores com os documentos elaborados

Sensibilização para a importância dos documentos técnicos que têm por objetivo subsidiar tomadas de decisões ou que irão responder aos Órgãos de Controle

Estilo e linguagem do moderno texto técnico

Reflexo da Administração Pública Gerencial nos textos técnicos

O texto técnico profissional

As formas adequadas de apresentar orientações técnicas: Pode, deve, convém (com base na Diretiva Nacional da ABNT, de 2007, que propõe regras para a estrutura e redação de Documentos Técnicos)

O que faz a qualidade do texto técnico

A ordem das ideias nas notas técnicas, relatórios e pareceres

A linguagem dos documentos técnicos

A necessidade de pesquisa para elaborar o texto técnico

Definição, classificação e organização de notas técnica, notas informativas, relatórios, pareceres e despachos

Características de notas técnicas,notas informativas,relatórios, pareceres e despachos

Elementos que podem compor a estrutura de documentos técnicos(elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, conforme normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas)

4) Padronização

  1. Padrões propostos pelo Manual de Redação Oficial da Presidência da República
  2. Padrões propostos pelo Manual de Redação do Governo do Distrito Federal
  3. Destaques (aspas, negrito, sublinhado e itálico)
  4. Siglas, abreviaturas, abreviações e símbolos
  5. Escrita de números no texto
  6. Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) – NBR 6023/2002, 6024/2003, 14724/2011
  7. Lei Complementar nº. 95/98, de 26 de fevereiro de 1998
  8. Decreto 4.176, de 28 de março de 2002, que trata sobre a elaboração de atos normativos

5) Atualização em Língua Portuguesa

Questões gramaticais aplicadas aos textos

  1. Concordância Verbal
  2. Concordância Nominal
  3. Regência Verbal
  4. Regência Nominal
  5. Acentuação Gráfica
  6. Emprego de iniciais maiúsculas
  7. Pontuação: Uso da vírgula e do ponto-e-vírgula
  8. Pronomes demonstrativos
  9. Pronomes de Tratamento
  10. Crase
  11. Verbos com duplo particípio
  12. A nova ortografia da língua portuguesa
  13. -  Outras questões gramaticais relevantes que surgirem na análise e elaboração dos documentos ou exercícios.

Nossas Turmas

Confira nossas Promoções
de 2018 e faça a escolhe certa!

Nossa metodologia
Método de Ensino

  • O curso será contextualizado por meio de material didático, exercícios individuais/grupo, exposição dialogada, recursos audiovisuais relacionados à realidade profissional dos participantes.


    INCLUSO

    Material didático e de apoio, almoço (se aula nos dois turnos), lanche (manhã e/ou tarde) e certificado de participação (mínimo de 75% de presença na sala de treinamento).

METODOLOGIA

Confira abaixo alguns de nossos clientes

© MMP Cursos

by nerit