Gestão de Riscos, Sistema de Controles e Programa de Integridade na Administração Pública.

(Curso Novo)

Sobre o Curso

Gestão de Riscos, Sistema de Controles e Programa de Integridade na Administração Pública.

Objetivo Geral:

Cada vez mais a Administração Pública tem sido demandada pela sociedade a prestar um serviço público ético, eficiente e de qualidade. É nítido que a sociedade espera retorno dos excruciantes impostos que são pagos. Diante desse cenário, cada vez mais as ferramentas de gestão pública ganham relevância, tendo em vista que são de grande ajuda para que os órgãos públicos atinjam seus objetivos de maneira eficiente. Nesse contexto a gestão de riscos tem despontado como uma excelente ferramenta que trabalha conjuntamente ao planejamento estratégico mapeando e corrigindo todos os eventos de riscos que possam vir a atrapalhar o atingimento dos objetivos traçados pelos órgãos públicos.

Conheça mais sobre o
Curso

OBJETIVO:

Apresentar os principais modelos nacionais e internacionais de gestão de riscos; aprofundar nos componentes integrantes do processo da gestão de riscos, incluindo a apresentação das principais técnicas aplicáveis a cada uma das etapas; apresentar as fases que devem estar presentes em um sistema de gestão da ética pública; apresentar a forma de implementação de um programa de integridade pública.

PÚBLICO ALVO:

Gestores de todas as áreas e de todas as esferas de governo

Sobre a MMP

Conheça os Instrutores

Daiane Gabriela Lucas Tavares

Instrutora

Formada em Economia pela Universidade de Brasília. Analista de Finanças e Controle no Ministério Público da União. Atuação nos últimos 10 anos como Auditora Interna, na Auditoria Interna do MPU. Chefe da Divisão de Auditoria de Pessoal. Especializada em auditoria baseada em riscos, com vasta experiência e treinamentos na área. Ministra aulas nas áreas de Gestão de Riscos, Auditoria Baseada em Riscos e Auditoria na Gestão de Riscos.

Conteúdo Programático

1. Definições e relação entre itens de gestão de riscos e governança pública

1.1    Sistema de Controles Internos

1.2    Gestão de Riscos corporativos

1.3    Relação entre a Gestão de Riscos e a Governança na Administração Pública

 

2. Modelos de Sistema de Controles Internos e Gestão de Riscos Corporativos
2.1 COSO I, versão 1992
2.2 COSO I, versão 2013
2.3 COSO II, versão 2004
2.4 COSO II, versão 2017
2.5 ABNT NBR ISO 31.000


3. Componentes da Implementação da Gestão de Riscos
3.1 Política de Gestão de Riscos
3.1.1 Princípios que devem reger a Gestão de Riscos
3.1.2 Definição dos objetivos da Gestão de Riscos
3.1.3 Operacionalização da Gestão de Riscos
3.1.4 Definição das competências
3.2 Metodologia de Gestão de Riscos
3.2.1 Definição do objeto que passará pelo processo de gestão de riscos
3.2.2 Avaliação do contexto
3.2.3 Identificação e avaliação dos riscos
3.2.4 Definição do tratamento dos riscos
3.2.5 Monitoramento


4. Exemplo prático da Gestão de Riscos

4.1 Exercício com modelo de riscos de contratações


5. Técnicas aplicáveis ao processo de Gestão de Riscos
5.1 Brainstorm
5.2 Entrevistas estruturadas ou semi-estruturadas
5.3 Delphi
5.4 Lista de Verificação
5.5 Análise preliminar de perigos (APP)
5.6 Estudo de perigos e operabilidade (HAZOP)
5.7 Análise de perigos e pontos críticos de controle (APPCC)
5.8 Avaliação da toxidade
5.9 Técnica estruturada “E se” (SWIFT)
5.10 Análise de cenários
5.11 Análise de impacto dos negócios
5.12 Análise de causa-raiz (RCA)
5.13 Análise de modos de falha e efeito
5.14 Análise de árvore de falhas
5.15 Análise de árvore de eventos
5.16 Análise de causa e consequência
5.17 Análise de causa e efeito
5.18 Análise de camadas de proteção
5.19 Árvore de decisões
5.20 Análise da confiabilidade humana
5.21 Análise Bow Tie
5.22 Manutenção centrada em confiabilidade
5.23 Sneak analysis e sneak circuit analysis
5.24 Análise de Markov
5.25 Simulação de Monte Carlo
5.26 Estatística Bayesiana e Redes de Bayes
5.27 Curvas FN
5.28 Índices de risco
5.29 Matriz de probabilidade/consequência
5.30 Análise de custo/benefício
5.31 Análise de decisão por multicritérios (MCDA)

6. Sistema de gestão da ética pública, atualizado com o Tribunal de Contas da União

 

6.1  criação de um código de ética ou conduta adaptado para cada organização, bem como sua divulgação, esclarecimento e internalização;

6.2 criação de uma comissão de ética com competências para orientar, apurar desvios e aplicar sanções;

6.3 existência de mecanismos para detecção de desvios éticos (controles reativos e proativos, canais de denúncia e auditorias internas);

6.4 alta administração comprometida com os valores éticos da organização.

 

7. Implantação de Programa de Integridade Pública, em conformidade com o Guia de melhores práticas da Controladoria Geral da União

 

7.1 Invista na seleção em formação de seus dirigentes:

7.1.1defina responsabilidades e encontre as pessoas certas;

7.1.2 combata o nepotismo;

7.1.3 procure o equilíbrio na renovação dos quadros de direção;

7.1.4 Invista na formação de líderes e avalie a gestão.

7.2 Defina regras claras na interação público-privada:

7.2.1 Institua regras claras de relacionamento;

7.2.2 Institua Política de prevenção de conflito de interesse;

7.2.3 Esteja atento às declarações de bens e interesses.

Em Breve! Está interessado?

Avisaremos quando uma nova turma estiver disponível!

Metodologia:

Será feito breve explicativo de conscientização das mudanças e exigências gerencias pelas quais a Administração Pública vem atravessando como forma de aumentar a adesão dos servidores às novas ferramentas de gestão. Será apresentada a correlação entre os conceitos de governança, riscos e controles; serão detalhados os principais modelos de gestão de riscos com exemplos práticos de casos concretos de aplicação dos referidos modelos em processos da Administração Pública; haverá proposição de exercícios práticos em sala de aula para que os alunos sejam incentivados a aplicar os conceitos teóricos aprendidos de forma a solidificar o conhecimento. Também será ensinado o passo a passo de implementação do sistema de gestão de ética e do programa de integridade.

Nossa metodologia
Método de Estudo

  • Aula expositiva e participativa, mediante apresentação de slides.

    INCLUSO

  • Material didático e de apoio, almoço (se aula nos dois turnos), lanche (manhã e/ou tarde) e certificado de participação (mínimo de 75% de presença na sala de treinamento).

METODOLOGIA

Confira abaixo alguns de nossos clientes

© MMP Cursos

by nerit